A gente não pode ver um perrengue que já quer passar

A gente tem um vídeo no YouTube em que contamos uma série de perrengues brabos e consecutivos que passamos nos últimos momentos da nossa vida nômade, no ano passado. Recentemente, recebemos um comentário nesse vídeo falando que reclamamos muito e que deveríamos ter focado no lado positivo de cada situação. Esse comentário me incomodou um pouco, porque na verdade, não estávamos reclamando: estávamos simplesmente contando um lado da viagem que as pessoas geralmente costumam ocultar: os problemas.

Eu sigo várias contas no Instagram que mostram sempre a viagem perfeita: dias ensolarados nas praias, comida perfeita pra foto no avião, hospedagem sempre confortável e bem localizada, viagem de carro impecável.

Estou duvidando da verocidade dessas viagens? Olha, um pouco. Todo mundo sabe que, apesar de planejar com antecedência, imprevistos podem e geralmente acontecem. Por exemplo: viajar para a praia e só chover, fazer um trajeto de carro e não conseguir estacionar ou quase bater num caminhão, o trem atrasar pra chegar na sua estação e você perder a conexão; todas essas situações são reais e aconteceram com a gente, por exemplo hahaha

Uma amiga minha diz que a gente precisa se benzer, que tudo que pode dar errado nas nossas viagens, dá.

Mas a questão é: conversando pessoalmente com algumas pessoas que exibem essas viagens perfeitas, eu fiquei sabendo de um monte de problemas que vários deles enfrentaram, mas escolheram não publicar porque: ia estragar a imagem de insta de viagem que eles vendem.

É claro, é uma escolha individual compartilhar esses perrengues, mas eu me sinto meio mal de fingir uma viagem minha; eu me sinto mal, inclusive, quando procuro falhas nos planejamentos dos outros, erros cometidos, imprevistos, e nunca acho. Imediatamente, sinto como se eu fosse a única a perder o trem por 4 minutos, ter que comprar uma nova passagem pelo dobro do preço e descobrir, no dia seguinte, na hora do embarque, que comprei a passagem para a data errada (sim, outro caso real).

Esses problemas me estressam na hora que acontecem, me deixam triste por algumas horas, mas eles nunca, nunca estragaram uma experiência de viagem. Eles só acrescentaram momentos que, depois de superados, se tornam aprendizados, são engraçados e são uma boa história para compartilhar com os amigos.

No fim das contas, acho que eu só queria desabafar. Fiquei sentida por ter passado uma imagem negativa enquanto falava de situações reais, que podem acontecer com qualquer um. Além do mais, falar sobre essas situações pode ajudar que ela não se repita com outra pessoa, certo?!

E nossas viagens são reais, viagem de gente mesmo: a gente planeja (ás vezes) e erra (quase sempre); gastamos dinheiro a mais, perdermos trens, esquecemos horários, chegamos em determinada atração sem saber que tinha que comprar ingresso antecipado, entramos em determinada atração e saímos dela sem saber que pulamos o principal… Nossa, eu ficaria horas aqui!

Mas nossas viagens também são tomadas de surpresas boas que vêm desses empecilhos: gente desconhecida abre sua casa para dois humanos e duas gatas paraplégicas, laços de amizades são fortalecidos, a gente descobre lugares maravilhosos para comer com pouco dinheiro, fazemos caminhos mais longos de bicicleta no sol e acabamos descobrindo belezas que não se mostrariam se tivéssemos dinheiro para alugar um carro, somos mimados por hosts em Airbnb porque lembramos os filhos deles, e com isso, os dias de chuva naquela cidade de praia no meio da Croácia acabam se tornando brilhantes mesmo sem o sol…

É aquilo né: não é como você olha para um problema, e sim como você o vê. A gente vê como oportunidades, e estamos ganhando um monte com isso por aí 🙂

 


3 comentários sobre “A gente não pode ver um perrengue que já quer passar

  1. Oi, pessoal!

    Na verdade, são justamente os perrengues que fazem com que eu e a minha namorada estejamos acompanhando as aventuras de vocês há tanto tempo!

    O perrengue, o imprevisto, a falta de grana são coisas que (talvez infelizmente 😂) nós conseguimos nos relacionar e separa completamente a narrativa das tradicionais em perfis de “trip porn”, que parecem feitas para pura e simplesmente para se promover e não para compartilhar histórias e experiências.

    Muito por influência de vocês, percebemos que, organizando melhor aqui e ali, nós também podemos nos aventurar (e passar alguns perrengues, que naturalmente acontecerão) por aí. Sintam-se culpados! 😂

    Curtido por 1 pessoa

    1. HAHAHA eu diria que “com certeza, infelizmente” que é a falta de grana que nos relaciona tanto!
      Agora vou te falar, essa é uma culpa que eu aceito com prazer! Muitas boas viagens para vocês, e espero que os perrengues daqui evitem os perrengues daí ❤

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s